Brasil, 26 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Licença - paternidade de 20 dias: A construção de um novo papel do pai na maternidade.

A coach Andrea Deis, especialista em gestão de carreiras diz que a nova lei requer cumplicidade entre empresa e colaboradores.

A presidente Dilma Rousseff sancionou lei que aumenta a licença-paternidade de cinco para 20 dias. A lei possibilita a licença paternidade tenha mais 15 dias, além dos cinco até agora estabelecidos por lei. A regra só vale para os funcionários das empresas que fazem parte do Programa Empresa Cidadã, que já estende a licença-maternidade de quatro para seis meses.

Segundo a gestora de carreiras, Andrea Deis, a nova lei favorece o cuidado com a família e a distribuição das responsabilidades na maternidade. A adaptação da chegada do bebê com os horários, o novo ritmo da casa onde a presença do pai é de suma importância para que a mãe se sinta segura para amamentar e cuidar do seu bebê. “O filho é do casal, e nada mais justo que o homem e a mulher cuidarem do filho e que as empresas possam contribuir para a construção das famílias, valorizando a união do casal e consolidação das famílias” afirma Andrea.

De acordo com a coach, ao longo da história da humanidade se observa várias transformações sociais e culturais que caracterizaram o estilo de vida e relacionamento entre as famílias e as empresas. Um mundo “machista” onde o bebê era de responsabilidade da mulher e ela tinha o papel de cuidar dos filhos e da casa. Com o novo papel da mulher no século XXI na sociedade, ela abraça outras responsabilidades além da casa, inclusive participando com a renda financeira para composição do orçamento familiar ocupando cada vez mais espaço no mercado de trabalho.

A coach Andrea Deis, especialista em gestão de carreiras, dá algumas dicas para que as empresas se prepararem para a nova lei:

1) Criar processos independentes de pessoas.

2) Descentralizar informações

3) Fazer um rodízio entre as áreas onde haja um ciclo vivo e rotativo do capital intelectual para a continuidade e produtividade da empresa.

4) Respeitar os colaboradores oferecendo a eles o direito de viverem uma vida social e pessoal.

5) Ter regras claras e transparentes.

6) Toda área deve ter um fluxo operacional com desenho das tarefas e critérios objetivos, mensuráveis e detalhados.

“Não se oferece o que não tem. Os homens devem estar seguros e tranquilos com a nova rotina, adaptados ao novo cenário, para que possam retornar ao trabalho, garantindo que sua família esteja engajada com o novo momento. Momento feliz, de vida e conquista que deve ser preservado” diz Deis.

A empresa não pode e não deve ser comprometida com o momento, deve se estruturar e buscar compartilhar o momento articulando seus processos.

Mais sobre Andrea Deis:

Master Coach com mais de 15.000hs de atendimento. Pedagoga, Palestrante, Orientadora Vocacional, Gestora Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Atuando ativamente na construção de carreiras e consultoria estratégica, tática e operacional.

(www.andreadeis.com.br)

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.