Brasil, 25 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Industriais cearenses conhecem as oportunidades do Programa InovAtiva Brasil em reunião do Cointec

O Ceará teve 18 projetos aprovados no programa InovAtiva, que representa uma ótima oportunidade para indústrias que faturam até R$ 3,6 milhões ao ano. Para participar do programa não é preciso necessariamente ter um projeto: basta a inscrição de idéias. Os vencedores recebem capacitação internacional; acesso a mentores nacionais e internacionais; e conexão com possíveis parceiros.

Nesse intuito de estimular a participação de mais empresas cearenses, na véspera da realização do Bootcamp de capacitação do Programa InovAtiva Brasil pela primeira vez em Fortaleza, o Conselho Temático de Inovação e Tecnologia (Cointec), da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), reuniu na noite desta sexta-feira, 17/6, na sede da FIEC, empresários industriais e outros atores do ecossistema local de Inovação para conhecer as vantagens do Programa e outras ações de apoio à Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior(MDIC). Na oportunidade, a FIEC também mostrou suas iniciativas no estímulo à Inovação nas indústrias.

O convidado do encontro foi o representante da Secretaria de Inovação e Novos Negócios do Ministério, Tiago de Almeida A apresentação foi acertada após encontro de representantes da FIEC no Ministério no dia 14 de abril desse ano. A reunião contou com a participação da representante da coordenação nacional do SEBRAE, Jane Anastácio.

O presidente do Cointec, Sampaio Filho, apresentou as principais ações promovidas pelo Conselho em 2016. De acordo com ele, o Cointec tem estimulado a inovação e cooperação tecnológica na Indústria com resultados positivos pelo fortes laços de aproximação com a academia. " Essa melhor interação possibilitou a maior participação de empresas cearenses, sendo startups ou parceira delas, no Programa Inovativa Brasil. Além disso, essa integração governo, academia e instituições de fomento tem garantido o alinhamento das demandas de todos antes do lançamento e participação dos editais de Inovação", observou.

Sampaio Filho reconhece o apoio dos parceiros das Redes Colaborativas e fez uma menção especial ao SEBRAE que, para ele, tem sido um dos maiores parceiros da FIEC não só na Inovação, mas também em iniciativas que promovam a competitividade e produtividade das empresas. "Com o apoio do Sebrae, a próxima reunião do itinerante do COINTEC no interior será em Limoeiro do Norte, na Região do Vale do Jaguaribe", anuncia.

Um dos entusiastas do Programa InoAtiva Brasil, o secretário de Ciência, Tecnologia e Educação Superior(SECITECE), Inácio Arruda, pediu o apoio dos empresários ligados à FIEC para que saíam em defesa da volta do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação(MCTI) hoje ligado ao Ministério das Comunicações. Ele pediu apoio também para que o Ceará se movimente para sediar a próxima edição do encontro nacional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência(SBPC).

" Estamos sugerindo que o encontro seja realizado na Universidade Regional do Cariri no Crato com o apoio da Universidade Federal do Cariri e do IFCE. Peço o envolvimento das empresas em mais esse movimento em prol da inovação tecnológica assim como fizemos ao trazer o Inovativa Brasil", destacou. Inácio Arruda lembra que o Bootcamp do Programa Inovativa Brasil, que capacitará empreendedores, startups e mentorias neste sábado, 18,/6, é a primeira grande atividade do HUB de Inovação Tecnológica do Banco do Nordeste na capital cearense.

O também coordenador do InovAtiva Brasil, Tiago de Almeida Pinto, afirma que o Programa ajuda as startups com boas tecnologias a chegarem ao mercado. Nessa perspectiva, as indústrias cearenses precisam enxergar nessas pequenas empresas de base tecnológica uma nova oportunidade de trabalhar em parceria e com Inovação Aberta.

" Historicamente, as empresas sempre fizeram a inovação fechada que é tentar desenvolver novos produtos e abrir novos mercados com pesquisa interna. Só que as startups são mais ágeis. O que você tem são negócios descentralizados, sem uma estrutura carregada, desenvolvendo e testando soluções rápidas, obtendo sucesso de imediato. É interessante para as indústrias conhecerem as soluções que tem a ver com o setor delas para muitas vezes adquirir essas soluções, ou mesmo formar parcerias com essas startups. É algo bastante moderno. As maiores empresas do mundo hoje fazem isso. Então, é uma oportunidade tanto para as startups terem potenciais clientes que são as indústrias e para as indústrias estarem conhecendo, adquirindo e firmando parcerias com novas tecnologia e possibilidade de novos negócios", aconselha Tiago.

Serviço:

As inscrições para o Ciclo 2016.2 do programa InovAtiva Brasil estão abertas até dia 27/06/2016. Trata-se de um programa gratuito de aceleração em larga escala para negócios inovadores de qualquer setor e lugar do Brasil, realizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, executado pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI) e com os parceiros estratégicos SEBRAE e SENAI. Mais informações: http://www.inovativabrasil.com.br/ .

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar

Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese Afrikaans Albanian Arabic Armenian Azerbaijani Basque Belarusian Bengali Bosnian Bulgarian Catalan Chinese (Simplified) Chinese (Traditional) Croatian Czech Danish Dutch English Estonian Filipino Finnish French Galician Georgian German Greek Haitian Creole Hebrew Hindi Hungarian Icelandic Indonesian Irish Italian Japanese Khmer Korean Lao Latvian Lithuanian Macedonian Malay Maltese Mongolian Nepali Norwegian Persian Polish Romanian Russian Serbian Slovak Slovenian Somali Spanish Swahili Swedish Thai Turkish Ukrainian Urdu Vietnamese Welsh Yiddish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.