Brasil, 28 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

A vulnerabilidade da água

Claudio Spadotto Claudio Spadotto

Por Claudio Spadotto, membro do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) e gerente geral da Embrapa Gestão Territorial.

Muitas cidades e importantes civilizações surgiram às margens de grandes rios e lagos. Impérios e reinados se expandiram pelos rios e mares e, ainda hoje, a presença ou ausência de água de qualidade determina a ocupação de territórios e o futuro de gerações.

A água irriga as plantas e sacia a sede de animais e pessoas. O corpo humano é constituído em média por 60% de água, que é essencial para a saúde e o bem-estar das pessoas. No entanto, uma fração considerável da população mundial ainda não tem acesso à água de qualidade. Mais de 750 milhões de pessoas em todo o mundo consomem água sem nenhum tipo de tratamento.

A água cobre grande parte da superfície da Terra, no entanto, menos de 3% são de água doce e a maior parte está em geleiras. Apenas 0,65% da água do planeta encontra-se em rios, lagos, lençóis freáticos e aquíferos.

Se observarmos com atenção, veremos que o ciclo da água no nosso planeta é maravilhoso e fundamental para todas as formas de vida. A água circula entre atmosfera, solo e rochas. A água que evapora dos oceanos, rios e lagos ou vem da transpiração das plantas cai como chuva. No solo, uma parte da água corre sobre o terreno, outra infiltra e reaparece nas nascentes ou saturam rochas porosas. A água não se exaure e sempre encontra um caminho. Assim, o seu ciclo continua e não deve ser perturbado. A vida, a água e o clima na Terra caminham juntos.

A diversidade da vida na Terra e o equilíbrio da natureza dependem da água, assim como a sustentabilidade das cidades, das indústrias, da agricultura, do país, do planeta, enfim. Mesmo com a escassez em algumas regiões ou épocas do ano, é bom saber que a água da Terra não vai acabar. Mas, também nos momentos de abundância, precisamos lembrar que para ser útil e potável, a água precisa ser limpa, não contaminada. Sabe-se que os povos Maias, Astecas e Incas provavelmente abandonaram suas cidades em razão da contaminação da água e do solo.

A água, vulnerável em alguns lugares, pode ser contaminada de muitas maneiras e descontaminá-la, se possível for, custa muito. Então, melhor evitar que contaminantes químicos e biológicos cheguem até ela, nosso bem tão precioso.

Sobre o CCAS

O Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) é uma organização da Sociedade Civil, criada em 15 de abril de 2011, com domicilio, sede e foro no município de São Paulo-SP, com o objetivo precípuo de discutir temas relacionados à sustentabilidade da agricultura e se posicionar, de maneira clara, sobre o assunto.

O CCAS é uma entidade privada, de natureza associativa, sem fins econômicos, pautando suas ações na imparcialidade, ética e transparência, sempre valorizando o conhecimento científico.

Os associados do CCAS são profissionais de diferentes formações e áreas de atuação, tanto na área pública quanto privada, que comungam o objetivo comum de pugnar pela sustentabilidade da agricultura brasileira. São profissionais que se destacam por suas atividades técnico-científicas e que se dispõem a apresentar fatos concretos, lastreados em verdades científicas, para comprovar a sustentabilidade das atividades agrícolas.

A agricultura, apesar da sua importância fundamental para o país e para cada cidadão, tem sua reputação e imagem em construção, alternando percepções positivas e negativas, não condizentes com a realidade. É preciso que professores, pesquisadores e especialistas no tema apresentem e discutam suas teses, estudos e opiniões, para melhor informação da sociedade. É importante que todo o conhecimento acumulado nas Universidades e Instituições de Pesquisa seja colocado à disposição da população, para que a realidade da agricultura, em especial seu caráter de sustentabilidade, transpareça. Mais informações no website: http://agriculturasustentavel.org.br/. Acompanhe também o CCAS no Facebook: http://www.facebook.com/agriculturasustentavel

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.