Brasil, 1 de Outubro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Custos médios da energia solar e eólica podem cair 59% até 2025

Queda dramática nos preços da energia elétrica gerada por solar e eólica deve continuar graças a novos fatores de redução de custo

Os custos médios da eletricidade gerada por tecnologias solar e eólica poderiam diminuir entre 26% e 59% em 2025, de acordo com um relatório divulgado hoje pela Agência Internacional de Energias Renováveis (IRENA). O relatório Energia para Mudar: Potencial de Redução de Custo em Solar e Eólica para 2025 considera que com políticas e quadros regulatórios adequados, as tecnologias solar e eólica podem ter seus custos reduzidos até 2025 e até além dessa data.

O relatório estima que, até 2025, os custos médios de energia elétrica poderiam diminuir 59% para a energia solar fotovoltaica (PV), 35% para a energia eólica offshore e 26% para a energia eólica terrestre em comparação com 2015. Os preços da eletricidade para energia solar concentrada também poderiam diminuir até 43%, dependendo da tecnologia utilizada. Em 2025, o custo médio mundial de eletricidade a partir de energia solar fotovoltaica e eólica terrestre será de cerca de 5 a 6 centavos de dólar por quilowatt-hora.

"Nós já vimos reduções de custos dramáticas na energia solar e eólica nos últimos anos e este relatório mostra que os preços vão continuar a cair graças a diferentes fatores de tecnologia e de mercado", explica o Diretor-Geral da IRENA, Adnan Z. Amin. "Dado que a energia solar e eólica já são a fonte mais barata dentro nova capacidade de geração que foi adicionada em muitos mercados em todo o mundo, esta nova redução de custos amplia essa tendência e fortalece a atratividade econômica da mudança de combustíveis fósseis para energias renováveis."

Desde 2009, os preços dos módulos fotovoltaicos solares e das turbinas eólicas caíram cerca de 80% e 30% a 40%, respectivamente. Com cada duplicação da capacidade instalada acumulada, os preços dos módulos solares fotovoltaicos caem 20% e os custos da energia elétrica a partir de parques eólicos cai 12% devido às economias de escala e melhorias nas tecnologias. É importante que os decisores políticos tenham em mente que as reduções de custos para 2025 vão depender cada vez mais do equilíbrio de custos do sistema (por exemplo, inversores, sistemas de montagem, obras civis, etc.), inovações tecnológicas, custos operacionais e de manutenção e da qualidade da gestão de projetos. O foco em muitos países deve, portanto, mudar para favorecer regulamentações e políticas que possam reduzir custos nestas áreas.

"Historicamente, o custo tem sido citado como uma das principais barreiras para a mudança das fontes de energia fóssil para fontes de energia renováveis, mas a narrativa agora mudou", disse Amin. "Para continuar a conduzir a transição energética, devemos agora mudar o foco das políticas para áreas de apoio que irão resultar em cortes ainda mais profundos nos custos e, desta forma, maximizar a oportunidade econômica que temos à mão."

Energia para Mudar é a primeira de uma série de publicações focadas em energia solar que a IRENA vai lançar nos próximos meses. Os futuros relatórios incluem Deixe a Luz Entrar: Como a Energia Solar Fotovoltaica Vai Revolucionar os Sistemas Elétricos - que fornece uma visão abrangente de energia solar fotovoltaica em todo o mundo e suas perspectivas para o futuro - e um relatório sobre a gestão de fim de vida para os painéis solares fotovoltaicos. Ambos serão lançados na Intersolar Europe, que acontecerá em Munique entre os dias 21 e 24 de junho.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish