Brasil, 25 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Alltech fecha parceira com USP e UFSC para investimentos em pesquisa

  • Escrito por  Giórgia Gschwendtner|Bruna Robassa
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • E-mail
  • Compartilhar::

Com objetivo de buscar inovação para agroindústria, empresa desenvolve estudos junto às instituições nos próximos cinco anos

A Alltech, líder global em nutrição e saúde animal, formalizou duas novas Alianças de Pesquisa, coordenadas pelo Brasil, que terão início em maio. Entre os estudos, um tem o objetivo de buscar melhoria na produtividade e qualidade do leite, utilizando tecnologias Alltech em convênio firmado com a Universidade de São Paulo (USP). Já a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será responsável por desenvolver a primeira pesquisa na área de aquicultura na América Latina, avaliando os requerimentos de minerais orgânicos e DHA em Tilápia.

“No setor de aquicultura será uma oportunidade inédita considerando a proporção da indústria no Brasil, em relação às aves, por exemplo. E ainda mais relevante porque vamos estabelecer um contato direto com o mercado, fundamental no desenvolvimento do estudo, que vai envolver alunos de pós-graduação, mestrado, doutorado e iniciação científica”, destaca a professora titular do departamento de aquicultura do Centro de Ciência Agrárias da UFSC, Débora Machado Fracalossi, que participou recentemente, em Curitiba (PR), do Latin America Alliances Meeting.

A Alltech iniciou o programa de estudos em 2015 com contratos assinados com a Universidade Federal de Viçosa (UFV) e a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), que estão dando andamento as investigações nas áreas de aves e suínos e gado de corte, respectivamente. Está em processo de formalização o contrato com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), cuja linha de pesquisa ainda está sendo definida.

“Estamos consolidando uma oportunidade única de integração entre os diversos polos de pesquisa no território latino-americano, que permitirá o objetivo conjunto de buscar o desenvolvimento de novas tecnologias para respaldar nosso trabalho no campo. Além disso, oportunizamos a geração de dados técnicos de qualidade que vão poder ser compartilhadas em todo mundo”, destaca Clodys Menacho, diretor Comercial da Alltech do Brasil.

Intercâmbio

Durante o Latin America Alliances Meeting os representantes das entidades participantes do programa se reuniram para aproximação entre os pesquisadores e intercâmbio de informações a fim de auxiliar o desenvolvimento dos estudos, que em geral buscam melhorar a eficiência de produção de proteína de alto valor nutricional. No México, o Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuárias (INIFAP) vai coordenar as investigações sobre como a aplicação de minerais orgânicos e antioxidantes pode contribuir na melhora da qualidade da carne de suínos. Com o contrato recentemente firmado, a Escola Agrícola Panamericana Zamorano, de Honduras, está em processo de definição da linha de pesquisa que pretende abranger as áreas de aquicultura, aves, suínos, gado de corte e leite.

“Ampliamos as Alianças na América Latina com o objetivo de trazer inovação e para aperfeiçoarmos a produção animal na região e suprir demandas locais específicas. Neste momento trabalhamos para alcançar resultados que possam contribuir na melhora da realidade existente. Além disso, consideramos que o projeto favorece a troca de conhecimento técnico e busca de novos talentos”, detalhou o diretor de Inovação da Alltech, Aidan Connolly.

Investimento global

No mundo são mais de 25 Alianças da Alltech, que já estão apresentando resultados positivos, inclusive auxiliando os países na solução de problemas que afetam a produtividade das criações e o bem-estar da população. “Na China desenvolvemos um total de 12 alianças e temos trabalhado fortemente para auxiliá-los nas questões de sanidade dos alimentos, principalmente nas questões relacionadas a leite e carne. Como atuamos em contato direto com entidades ligadas ao governo chinês, temos expectativas de apresentar resultados e poder contribuir para alterações inclusive na política agrícola do país”, aponta Connolly.

Sobre a Alltech

Fundada em 1980 pelo empresário e cientista irlandês, Dr. Pearse Lyons, as soluções da Alltech melhoram a saúde e o desempenho de animais e plantas, por meio da nutrição natural e da inovação científica, utilizando leveduras, nutrigenômica e algas. Com aproximadamente 100 unidades industriais em todo mundo, a Alltech é líder na produção de leveduras e minerais orgânicos, tendo como referência a planta de produção de algas no Kentucky (EUA), modelo existente em apenas mais um lugar no mundo. A empresa segue os princípios da ACE (Animal, Consumer and the Environment) e busca desenvolver soluções seguras para os animais, consumidores e meio ambiente e, para alcançar esse objetivo, conta com uma equipe de mais de 4700 colaboradores.

Alltech é a única empresa de capital fechado entre as cinco maiores empresas de saúde animal no mundo, o que confere vantagem competitiva permitindo a empresa se adaptar rapidamente às necessidades emergentes dos clientes e manter o foco na inovação. A sede mundial está localizada em Lexington, Kentucky (EUA), sendo que o Brasil é o segundo maior volume de produção mundial do grupo. A Alltech do Brasil é formada por uma unidade fabril em São Pedro do Ivaí (PR) e por um centro administrativo e planta industrial em Araucária (PR) e uma unidade em Indaiatuba (SP). Mais informações: http://pt.alltech.com/.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar

Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese Afrikaans Albanian Arabic Armenian Azerbaijani Basque Belarusian Bengali Bosnian Bulgarian Catalan Chinese (Simplified) Chinese (Traditional) Croatian Czech Danish Dutch English Estonian Filipino Finnish French Galician Georgian German Greek Haitian Creole Hebrew Hindi Hungarian Icelandic Indonesian Irish Italian Japanese Khmer Korean Lao Latvian Lithuanian Macedonian Malay Maltese Mongolian Nepali Norwegian Persian Polish Romanian Russian Serbian Slovak Slovenian Somali Spanish Swahili Swedish Thai Turkish Ukrainian Urdu Vietnamese Welsh Yiddish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.