Brasil, 26 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Especialistas Anunciam O Novo Mapa Da Inadimplência No Brasil Em Estudo Exclusivo Com Consumidores De 2015

A pesquisa, realizada pela Serasa Experian, será divulgada no dia 11 de maio durante o Recover Money, que reunirá especialistas para falar sobre medidas para a recuperação de crédito e novos meio de pagamento para a redução da inadimplência

Com o tema “Uma visão inovadora para a recuperação de ativos”, a primeira edição do Recover Money trará com exclusividade a pesquisa “O mapa do endividamento do consumidor no Brasil”, realizada pelo Serasa Experian. Os dados consideraram o perfil do devedor brasileiro na crise de 2015 – quem deve, quando deve e por que deve. De acordo com o último estudo da Instituição (referente ao primeiro semestre de 2014), cerca de 35 milhões de brasileiros estão inadimplentes, o equivalente a 24,5% da população.

O anúncio será feito durante um painel de debate, que acontecerá no dia 11 de maio, na sede da Fecomercio, em São Paulo. CEOS e fundadores de startups brasileiras estarão presentes, entre eles, Igor Senra (Moip), Thiago Alvarez (GuiaBolso), Alphonse Voigt (Ebanx), Henrique Dubugras (Pagar.me) e Safiri Felix (Coinbr.net) para falar sobre novas ideias de produtos financeiros e meios de pagamento para a redução da inadimplência e eficiência dos processos de recuperação de crédito.

As Fintechs e a revolução do crédito no Brasil serão destaque na abordagem de Lauro Gonzalez (coordenador do Centro de Estudo de Microfinanças e Inclusão Financeira da FGV) e Svant Westerberg (MaxiPago), assunto relevante principalmente para os consumidores, uma vez que 31% das Fintechs são direcionadas exclusivamente para o consumidor final, 27% para empresas e 42% atendem ambos os públicos (fonte: FintechLab, que analisa o mercado das Fintechs brasileiras).

Os reflexos da macroeconomia (ajuste fiscal, déficit público e inflação alta) e seus efeitos sobre a inadimplência, com a economista Zeina Latif, e novas pesquisas de economia comportamental, sobre as motivações e influências do comportamento do brasileiro com o uso do dinheiro e as noções de valor, com Flávia Ávila, do InBehavior Lab, também fazem parte das discussões do dia 11.

Confirmaram presença como debatedores os economistas Eduardo Giannetti e Otto Nogami, Marcelo Sodré (direito do consumidor PUC/SP, procurador do Estado de São Paulo e diretor do Procon/SP de 1988 a 1994) e Lauro Gonzalez (coordenador do Centro de Estudo de Microfinanças e Inclusão Financeira da FGV), além de formadores de opinião dos setores como bancos, financeiras, construção civil, varejo, utilities, telecom, TV por assinatura, educação, serviços, entre outros.

“Estamos vivendo um ponto de inflexão histórico e que as empresas estão despreparadas para o crescimento que está por vir. Sairemos de uma queda de PIB de 4%, neste ano, para um crescimento de 1% em 2017. Quem está preparado para este rali de crescimento de 5%? Eis a importância do Recover Money. Devemos preparar as empresas para o ciclo de crescimento que vem por aí!”, explica o especialista internacional em relações de consumo e idealizador do evento, Roberto Meir.

O valor das inscrições é de R$ 1.430,00 e podem ser feitas por meio do site recovermoney.com.br ou pelo telefone 55 11 3125-2215.

PROGRAMAÇÃO

8h45 às 9h30 – Por que devemos? Uma visão diferente e original do que motiva e leva as pessoas a se endividarem. Economista Eduardo Giannetti

9h30 – O País em débito com seus cidadãos: caminhos para restaurar a confiança na economia brasileira.

11h às 11h30 – SALA 1 – PESQUISA EXCLUSIVA DA SERASA EXPERIAN - Mapa do endividamento do consumidor no Brasil.

11h às 11h30 – SALA 2 - Recuperação sem trauma. Ações e reações que podem facilitar empresas a recuperarem ativos sem perderem clientes.

11h30 às 12h15 – SALA 1 - Gastança ou poupança: uma reflexão sobre o País que queremos ser e a economia que podemos ter.

11h30 ÀS 12h – SALA 2 - A economia comportamental: construindo novas bases para fazer do Brasil um País mais próspero, feliz e inovador.

12h às 12h30 – SALA 2 - Bitcoins e novos meios de pagamento: instrumentos para antecipar e até reduzir a inadimplência?

12h15 às 12h45 – SALA 1 - O cliente desprezado: qual é o valor do cliente inadimplente?

14h às 14h45 – SALA 1 - Startup Session: novas ideias de produtos financeiros para reduzir a inadimplência e aumentar a eficiência dos processos de recuperação.

14h às 14h45 – SALA 2 - Quando vale a pena recuperar um cliente? Prós e contras da recuperação de ativos.

14h às 14h45 – SALA 1 - Fintechs e a revolução do crédito no Brasil.

15h15 às 15h45 – SALA 2 - Educação Financeira: de quem é a responsabilidade?

15h30 às 16h – SALA 1 - Ajuste fiscal, déficit público e inflação alta: a macroeconomia e seus efeitos sobre a inadimplência.

16h30 às 18h - Visões particulares da recuperação de ativos.

SERVIÇO:

· Recover Money – Uma visão inovadora para a recuperação de ativos

· Data: 11 maio de 2016

· Hora: 8h30 às 18 horas

· Local: Fecomercio/SP. R. Dr. Plínio Barreto - Bela Vista, São Paulo

· Inscrição: R$ 1.430,00 em recovermoney.com.br ou tel. 55 11 3125 2215

· Credenciamento imprensa: 55 11 380-7504.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.