Brasil, 24 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Artesãs de Tocantins se fortalecem no comando de empreendimento comunitário

Cooperativa das Artesãs de Biojoias de Xambioá (COOABX) realiza o sonho de construir sede própria para consolidar projeto de produção de biojoias

Para garantir o próprio sustento, muitas pessoas encontram no empreendedorismo comunitário uma opção de geração de renda. E, assim como no mercado formal de trabalho, a atuação feminina é cada vez mais evidente, inclusive em funções de gerenciamento. Segundo um mapeamento do Sistema de Informações em Economia Solidária (Sies), da Secretaria Nacional de Economia Solidária (SNES), órgão vinculado ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), as mulheres integram 43,56% dos 19 mil empreendimentos pesquisados. Desse total, 56,25% dos empreendimentos são coordenados ou dirigidos pelas mulheres.

Um exemplo da força para empreender de forma associativista, pelas mulheres, está em Xambioá (TO), onde a produção de biojoias se tornou um negócio de sucesso por meio do projeto Xambiart, formado por 20 mulheres da região do Alto Bonito. O projeto de economia solidária cresceu a tal ponto nos últimos anos que avançou para a construção de uma Casa do Artesanato. As obras já começaram e o espaço deve ser inaugurado ainda em 2016.

Com a abertura de uma sede própria, a Cooperativa das Artesãs de Biojoias de Xambioá (COOABX) espera ampliar a produção e o comércio de biojoias e artesanato. O sonho de estabelecer o próprio negócio foi viabilizado em 2013 pelo Programa ReDes, uma realização do Instituto Votorantim, com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Votorantim Cimentos. O Programa auxilia na estruturação de projetos de economia solidária, em todo o País, que demonstrem potencial para gerar, por meio de iniciativas sustentáveis, emprego e renda para as comunidades locais.

Em Xambioá, em pouco tempo de execução do projeto de biojoias, as mulheres da COOABX demonstraram empreendedorismo, criatividade e conquistaram clientes no Brasil e também no exterior. A coordenadora do Conselho Comunitário de Xambioá e uma das cooperadas da COOABX, Marivalda Martins Borges, afirma que o envolvimento das mulheres no projeto trouxe credibilidade para que a cooperativa conseguisse obter outros parceiros para continuar a evoluir. “Com a construção da Casa do Artesanato, iremos trabalhar mais confiantes e motivadas. Poderemos direcionar o dinheiro do aluguel para investimentos que possibilitem aperfeiçoarmos nossas habilidades, além de aplicarmos em outras melhorias que contribuam para produzirmos com mais qualidade”, disse.

Casa do Artesanato

Para construir a Casa do Artesanato, a Cooperativa das Artesãs de Biojoias de Xambioáse inscreveu em um edital do Programa de Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-ECOS/Fundo Amazônia), promovido pelo Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN). Aproximadamente R$ 78 mil estão sendo investidos na construção do prédio. Junto com o financiamento obtido com o PPP-ECOS/Fundo Amazônia, a COOABX também constrói a sede própria com recursos do Prêmio BNDES de Boas Práticas de Economia Solidária, conquistado em julho de 2015.

A estrutura contará com uma área para beneficiamento dos produtos utilizados na produção de biojoias e artesanato, como barro, argila, coco e palha. A Casa do Artesanato terá ainda almoxarifado, espaço administrativo e uma miniloja, o que facilitará a exposição e a venda dos produtos.

Atualmente, são fabricadas aproximadamente cinco mil peças por mês, que são comercializadas para o varejo local e também para comerciantes e designers de outros estados brasileiros, que conhecem as peças por meio da participação das artesãs em feiras e eventos de todo o País e no exterior. Para facilitar ainda mais a geração de emprego e renda na região de Alto Bonito, além das cooperadas da COOABX, pessoas que não fazem parte da cooperativa também terão acesso à Casa do Artesanato, por meio da formalização de um termo de cooperação, para que possam expor suas peças.

Sobre a Votorantim Cimentos

Presente no negócio de materiais de construção (cimento, concreto, agregados e argamassas) desde 1933, a Votorantim Cimentos é uma das maiores empresas globais do setor, com capacidade produtiva de 55 milhões de toneladas de cimento/ano. A Votorantim Cimentos possui unidades estrategicamente localizadas próximas aos mais importantes mercados consumidores em crescimento e está presente em 14 países: Brasil, Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, China, Espanha, Estados Unidos, Índia, Marrocos, Peru, Tunísia, Turquia e Uruguai.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar

Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese Afrikaans Albanian Arabic Armenian Azerbaijani Basque Belarusian Bengali Bosnian Bulgarian Catalan Chinese (Simplified) Chinese (Traditional) Croatian Czech Danish Dutch English Estonian Filipino Finnish French Galician Georgian German Greek Haitian Creole Hebrew Hindi Hungarian Icelandic Indonesian Irish Italian Japanese Khmer Korean Lao Latvian Lithuanian Macedonian Malay Maltese Mongolian Nepali Norwegian Persian Polish Romanian Russian Serbian Slovak Slovenian Somali Spanish Swahili Swedish Thai Turkish Ukrainian Urdu Vietnamese Welsh Yiddish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.