Brasil, 1 de Outubro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Homens no setor de beleza: os desafios que eles enfrentam num mercado dominado por mulheres

  • Escrito por  ATITUDECOM | Estratégia em comunicação
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • E-mail
  • Compartilhar::

De acordo com uma pesquisa do Sebrae, no Brasil existem 570 mil empresas no ramo da beleza, sendo que apenas 100 mil são administradas por homens. Pedro Oliveira e Lucas Ducatti da rede de lojas itinerantes de cosméticos, Miss Pink, apostaram no ramo e conseguiram se destacar em uma área até então desconhecida para eles

O mundo dos negócios é masculino na grande maioria dos setores, mas quando se fala em beleza, são elas que dominam, como consumidoras e como empresárias. De acordo com o Sebrae, no Brasil existe 570 mil empresas no ramo da beleza, sendo que apenas 100 mil são administradas por homens. “Cada vez mais homens e mulheres estão preocupados com a aparência, então o setor de beleza acaba sendo uma área promissora para se investir”, afirma Pedro de Oliveira, diretor de negócios da rede de lojas itinerantes de cosméticos, Miss Pink. Antes de se arriscar no ramo, Pedro chegou a ser funcionário público, mas decidiu abandonar a estabilidade e segurança do cargo para entrar no mundo dos negócios.

Criada em 2014 e com 26 unidades por todo o Brasil, Oliveira e a fundadora da marca, Maitê Pedroso, inovaram ao lançar uma loja compacta de cosméticos como hidratantes e esmaltes. “Apesar das mulheres até então entenderem mais que os homens sobre esse setor, várias empresas passaram a investir em cosméticos e produtos para ambos, e isso facilitou a participação masculina no ramo da beleza” ressalta.

O empresário paulista Lucas Ducatti, de 28 anos, trabalhava há quase dois anos como gerente administrativo em uma empresa de barcos de luxo quando recebeu a notícia de que seria demitido. “Fiquei bastante preocupado e comecei a procurar emprego em diversas empresas”, afirma Ducatti.

Após realizar diversas entrevistas sem sucesso, ele decidiu usar a rescisão que recebeu para colocar em prática o sonho de ser dono de um negócio próprio. “Fiz quatro cursos no Sebrae e descobri que o ramo de beleza não costuma ser afetado quando passa por uma crise, por isso escolhi investir em uma franquia Miss Pink”. Como o empresário Ducatti não tinha qualquer experiência, muito menos no ramo de cosméticos, decidiu convidar a sócia Regina Viola para participar da sociedade. “No começo não tinha tanto conhecimento nesse setor, mas com o tempo e com a ajuda da minha sócia, acabei conhecendo mais sobre os produtos e benefícios”, garante Ducatti.

Sobre Miss Pink

Criada em 2014, a Miss Pink é uma rede de franquias de lojas itinerantes de cosméticos. A proposta da rede é oferecer uma loja de produtos de beleza que possa ser transportada para diversos locais. A Miss Pink permite que os franqueados trabalhem em suas próprias casas ou façam parcerias com shoppings, salões de beleza e espaços comerciais. O mix de itens, como maquiagem, esmalte e hidratantes é produzido com alta tecnologia e fórmulas exclusivas, proporcionando muita qualidade aos produtos.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish