Brasil, 29 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Carnaval e Colombinas

Estamos iniciando um novo ano e as expectativas sobre o mesmo são de muita luta e labor e vemos que o mercado de capitais anda nervoso com o dólar em alta e uma perspectiva de manutenção e/ou aumento da taxa de juros, apesar da inflação alta e do baixo crescimento do país.

Observando o horizonte vemos que o preço da gasolina tem despencado a nível mundial e o Brasil, em oposição a esse movimento, tem aumentado o preço da gasolina e do álcool.

A inflação alta com crescimento baixo sugere um remédio muito amargo denominado estagflação, o qual define-se como uma situação típica de recessão, ou seja, diminuição das atividades econômicas e aumento dos índices de desemprego. Além da inflação e da falta de instrumentos institucionais que regulem a economia, que pelo método científico-econométrico retirem-na da chamada "estagnação" ou "armadilha da liquidez" após um "merecido ciclo de virtuoso-crescimento-econômico, que toda Economia ou País-viável, merece", de conformidade com a doutrina de Keynes (é o que caracteriza esse conceito, basicamente, nos meios acadêmicos).

Estamos caminhando seguindo aquele ditado "se correr o bicho pega e se ficar o bicho come" e o momento atual gera muita especulação e risco no mercado de trabalho e na vida de todos os brasileiros.

Aparentemente o mercado anda nervoso porque não consegue detectar sinais de melhora na economia, mesmo sendo trocado o ministro da fazenda e com algumas falas da presidente dizendo que errou.

Os escândalos da Lava Jato continuam sendo apurados e temos muita tensão sobre o pedido de impeachment do presidente do Brasil e do Congresso que estão esperando a volta dos mesmos aos seus respectivos locais.

Por isso temos uma tempestade econômica se avizinhando e nada nos diz que a recuperação se dará no curto e médio prazo.

O que demonstra a falta de competência da presidente e seus auxiliares para a tomada das decisões econômicas e ainda por cima os criativos querem retornar com a "CPMF" para que continuemos pagando a conta dos erros cometidos no passado e os que ainda irão cometer.

Precisamos de um ministério efetivamente competente e uma liderança forte nos conduzindo nesse momento delicado e não parece que conseguiremos ambos ou nenhum deles.

Nosso país descendo a ladeira e verificamos que os líderes políticos não sabem o que fazer e se sabem fazem de maneira errada. Precisamos nos pautar em líderes empresariais, sociais e com competências em administração.

Para sair da crise e suplantar esses políticos demagogos Administração é a palavra da vez no nosso Brasil brasileiro...

Robson Paniago é professor da IBE-FGV, doutor em Ciências Empresariais pela Universidad Del Museo Social Argentino, mestre em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, especialista em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing - SP e Graduado em Administração pela Universidade São Marcos - SP.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.