Brasil, 25 de Maio de 2018

+ F O N T E -

Bananicultores da Colômbia: entenda a realidade dos produtores certificados de pequeno porte

Cases de sucesso que demonstram os benefícios da certificação serão discutidos na Conferência Global de Padrões de Sustentabilidade, em São Paulo/SP

O foco das normas de sustentabilidade e seus cronogramas de inovações são produtores de pequeno e médio porte. Para que as normas possam agregar mais valor aos agricultores, é necessário ouvir deles: quais são as prioridades e restrições? De que forma o envolvimento com as regras os beneficiou? Quais são os desafios que enfrentam?

Neste ano, a ISEAL Alliance, associação global para modelos de sustentabilidade, realizou uma pesquisa sobre a necessidade de produtores certificados de pequeno porte em cinco países para tentar responder a algumas dessas perguntas. A ISEAL queria ter uma ideia dos desafios enfrentados pelos pequenos produtores certificados para conduzir uma conversa sobre como as normas podem inovar para atender às suas necessidades e agregar mais valor a eles.

Então, a ISEAL foi até o distrito colombiano “Zona Bananera” para conversar com bananicultores certificados pela Rainforest Alliance (Aliança da Floresta Tropical).

Lá, conheceram o Julio. Julio começou a ajudar no lote de 3,5 hectares de seu pai aos 14 anos, e hoje possui mais de 21 anos de experiência no setor de bananas. Sua fazenda produz 100 caixas semanais, que são vendidas por sua cooperativa a um único fornecedor. Em 2016, o fornecedor solicitou que todas as bananas da cooperativa tivessem o certificado da Rainforest Alliance (RA). As experiências anteriores que eles tiveram com outras normas, conformidade e auditorias resultaram no recebimento do certificado da Rainforest Alliance um ano mais tarde.

Para Julio, a cooperativa é fundamental para o sucesso da fazenda: ela fornece informações sobre os preços de mercado da produção, dá conselhos sobre as melhores práticas e acesso a insumos agrícolas como fertilizantes e pesticidas. A cooperativa também é a única maneira que o produtor tem de obter empréstimos e recursos financeiros; sem este capital, eles não seriam capazes de investir em seus armazéns ou em novos equipamentos.

Enquanto alguns membros da cooperativa evitam falar sobre seu desempenho agrícola, Julio demonstra interesse em saber como sua fazenda está progredindo em comparação às outras. Sua sede por conhecimento faz com que ele tome decisões baseadas em seus negócios pensando no futuro de sua fazenda. Com isso, Julio aproveita o treinamento que recebe da cooperativa e deseja aprimorar suas habilidades profissionais e aprender mais sobre gestão e finanças. Ele vê isso como parte vital para melhorar a produtividade e proteger seus meios de subsistência no futuro.

A história de Julio representa as de outros produtores da “Zona Bananera”. A ISEAL ouviu como a certificação traz diversos benefícios para aqueles produtores, permitindo que eles melhorem a produtividade agrícola, acessem mercados internacionais e protejam seus meios de subsistência. No caso de Julio, juntar-se a um esquema de certificação significa ter produtores organizados, formando uma cooperativa que fornece treinamento e serve como um meio pelo qual os produtos, informações e recursos financeiros possam ser obtidos.

No entanto, as normas de sustentabilidade têm a oportunidade de oferecer um valor ainda maior. Na Colômbia, há uma grande demanda por educação, informação e desenvolvimento de capacidades por parte dos produtores. Um problema predominante em outros países é a acessibilidade e o custo de seguro. Os produtores também falam sobre o preço crescente de insumos agrícolas e as dificuldades de obter recursos financeiros.

Pensando no futuro, as normas de sustentabilidade podem usar este feedback para conduzir abordagens inovadoras ao tratar dessas preocupações e fornecer um valor maior para os produtores. Atualmente, as normas estão explorando novas maneiras de trabalho, como abordagens de cenário e abordagens jurisdicionais para obter o certificado e modelos baseados em risco de segurança. Elas estão dominando novas tecnologias e criando parcerias importantes para desenvolver sua oferta para produtores.

Estas entrevistas fazem parte de um projeto fundado pela GIZ (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit) para entender melhor as necessidades do produtor, as barreiras que eles encontram para obter o certificado, e de que maneira as normas podem inovar para agregar mais valor aos produtores de pequeno porte e conduzir a obtenção da certificação.

Conferência Global de Padrões de Sustentabilidade

Para saber mais sobre as necessidades dos produtores e como as normas estão inovando para atenderem a um cenário variável de sustentabilidade, a Conferência Global sobre Normas de Sustentabilidade de 2018 trará discussões sobre os temas durante os dias 22 e 23 de maio, em São Paulo/SP.

Uma sessão de palestras abordando as necessidades do produtor será conduzida por Dario Soto Abril (CEO da Fairtrade International) e terá a participação de Kim Carstensen (Diretor Geral do Conselho de Manejo Florestal), Isabela Pascoal (Gerente de Marketing da Daterra Coffee) e Cristian Vásquez (Subgerente de Desenvolvimento na Fundación Chinquihue).

Sessões de breakout abordarão tópicos como trabalho decente, melhora contínua para pequenos agricultores, abordagens de cenário, o poder da voz dos trabalhadores e mineração de pequeno porte e artesanal.

Informações sobre a Conferência Global de Padrões de Sustentabilidade e inscrições no site: https://www.isealalliance.org/get-involved/conference.

Serviço
Conferência Global de Padrões de Sustentabilidade 2018
Data e horário: 22 de maio, às 18 horas, e 23 de maio, às 8h30
Local: Hotel Novotel São Paulo Jaraguá Conventions
Endereço: Rua Martins Fontes, 71 - Centro, São Paulo/SP

Sobre a Conferência Global de Padrões de Sustentabilidade

A conferência está em seu 9º ano. É o principal evento anual global para aqueles que apoiam a adoção de modelos e certificações de sustentabilidade confiáveis.

Mais de 250 participantes de alto nível estarão presentes para explorar o tema "Impulsionando a mudança para um impacto maior", focando em como é possível fazer com que os modelos funcionem melhor para as pessoas, lugares e questões relevantes.

A conferência colocará os produtores e as pequenas empresas no centro da discussão, enquanto serão examinados tópicos, como o desmatamento, a renda mínima para a subsistência, o trabalho forçado, entre outros. Será explorado como abordar os problemas por meio do fornecimento regional, do acesso a financiamentos, de inovações em sistemas e tecnologias e da colaboração.

Sobre a ISEAL

A ISEAL Alliance é uma associação global para modelos de sustentabilidade.

A ISEAL é uma organização não governamental cuja missão é fortalecer os sistemas de modelos de sustentabilidade para o benefício das pessoas e do meio ambiente. Sua associação está aberta a todos os modelos de sustentabilidade e órgãos de credenciamento de partes interessadas que demonstram sua capacidade de atender aos Códigos de Boas Práticas da ISEAL e aos requisitos que os acompanham, e se comprometem a aprender e a melhorar. Por meio da associação à ISEAL, os sistemas modelos demonstram o compromisso de apoiar um movimento unificado de modelos de sustentabilidade. A ISEAL também possui uma categoria de assinante não associado para se envolver com governos, pesquisadores, consultores, organizações do setor privado, organizações sem fins lucrativos e outras partes interessadas que possuem um compromisso evidente com os objetivos da ISEAL.

É líder global na definição e comunicação de boas práticas para os modelos de sustentabilidade. Por meio de seu trabalho, a ISEAL ajuda a impulsionar os modelos para gerar um impacto mais positivo. No coração disso está o conjunto de princípios fundamentais da ISEAL que define credibilidade nos modelos. Os Princípios de Credibilidade da ISEAL são o resultado de uma consulta global com várias partes interessadas e definem o que a associação acredita ser essencial para que um sistema de modelos produza um impacto social ou ambiental positivo.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::