Brasil, 26 de Maio de 2018

+ F O N T E -

Brasil Assume a Liderança e é o Principal Mercado dos Vinhos do Alentejo

- Representando 17,9% do total das exportações em 2017, país supera Angola e já é o principal mercado da CVRA. Brasil importou 3.623.288 de litros no ano anterior.

- EUA e China são 3º e 4º destinos dos Vinhos do Alentejo fora da UE. VINHOS DO ALENTEJO exportaram 20.187.821 litros de vinho globalmente.
- Exportação de Vinhos do Alentejo subiu 12% em valor e o preço médio aumentou 9% em 2017.

Os Vinhos do Alentejo apresentam a performance de 2017. Segundo dados da CVRA (Comissão Vitivinícola Regional Alentejana), o ano de 2017 ficou marcado pelo aumento de 11,9% nas exportações, que superaram o valor de 65 milhões de euros, com um destacado crescimento de 26% para o vinho DOC Alentejo.

Superando todas as expectativas, o Brasil ultrapassa Angola e lidera a lista de importação de vinhos superando a marca de 3,5 milhões de litros em 2017. Com faturamento superior a 11 milhões de euros, o mercado brasileiro representa 17,9% do mercado global das CVRA. " Como vê, o Brasil tem um lugar importante para os Vinhos do Alentejo", afirma Maria Amélia Vaz da Silva, responsável de Marketing dos Vinhos do Alentejo no mercado brasileiro, que estima ainda um crescimento de 3 %, até o fim de 2018, no consumo de vinhos da região do Alentejo no país.

A quantidade exportada globalmente cresceu 2,3%, em função do aumento de 11% nas vendas. Com ajuste global de 9,4%, no valor de seus produtos, os importadores internacionais pagaram em média 2,43€ por garrafa de vinho do Alentejo, um preço superior à média nacional de 2,11€ por garrafa nas categorias DOC/Regional.

Performance em outros países

O ranking de países importadores de vinhos do Alentejo inclui no TOP 5 o mercado de Brasil, Angola, Estados Unidos, Suíça e China que representaram 59% do valor exportado.

Os mercados fora da Europa comunitária foram os principais compradores (74% em valor e 70% em volume) e aqueles que melhor pagaram cada garrafa de vinho exportada pelas adegas alentejanas.

Francisco Mateus, presidente da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana ressalta que os bons resultados são frutos de um constante trabalhos da CVRA pela busca da melhor qualidade. "Valorizamos muito o crescimento do preço médio na exportação, pois isso demonstra o reconhecimento da qualidade dos vinhos e a disposição dos importadores e consumidores internacionais em pagar mais por cada garrafa de vinho da região do Alentejo. No ano de 2017, dos 25 principais mercados o preço médio aumentou em 23 deles. Apenas Macau e Espanha tiveram uma diminuição", comemora.

Sobre 2017, Francisco Mateus ressalta que 2017 foi um ano com desempenho notável. "Ao nível do valor da exportação os vinhos DOC Alentejo, com as suas oito sub-regiões, deram um grande impulso para o crescimento dos Vinhos do Alentejo. Da quantidade de DOC exportado, 26% teve um preço médio superior a 4,00€ por garrafa", acrescenta o executivo que ressalta também que esta é a trajetória necessária na exportação dos vinhos do Alentejo, e das outras regiões, pois valoriza produto local e dá-nos notoriedade ao Alentejo que tem conquistado a cada dia mais a atenção de importadores e consumidores. Os vinhos produzidos na região já estão presentes em 118 mercados internacionais e a quantidade exportada duplicou nos últimos dez anos.

Em Portugal, os vinhos alentejanos têm conquistado também relevância de forma crescente. Em 2017 a região representou 21% na exportação dos vinhos DOC e Regional.

Para mais informações acesse: e www.vinhosdoalentejo.pt.

SOBRE A CVRA – Comissão Vitivinícola Regional Alentejana

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) foi criada em 1989 e é um organismo de direito privado e utilidade pública que certifica, controla e protege os vinhos DOC Alentejo e os vinhos Regional Alentejano.

É também responsável pela promoção dos Vinhos do Alentejo, no mercado português e em mercados-alvo internacionais. Sua atividade é financiada através da venda dos selos de garantia que integram os contrarrótulos dos Vinhos do Alentejo.

Para mais informações acesse: www.vinhosdoalentejo.pt


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::