Brasil, 27 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Café gourmet se consolida no mercado nacional

  • Escrito por  InformaMídia Comunicação
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • E-mail
  • Compartilhar::

Brasileiros aprendem a apreciar a bebida e segmento deve triplicar de tamanho até 2019

O ano de 2015 foi instável e cheio de turbulências para a economia. Mas se existe um legado positivo para os anos de crise é que eles tem o poder de evidenciar os setores que estão consolidados e os segmentos que não irão se desenvolver. Foi isso o que aconteceu com o mercado de cafés gourmets ano passado. O segmento provou a sua força e mostrou que veio para ficar.

De acordo com a ABIC - Associação Brasileira da Indústria de Café - o consumo de café gourmet cresce cerca de 15% ao ano. A entidade afirma ainda que o setor deve triplicar de tamanho até 2019. Uma pesquisa feita pela Associação aponta que o consumidor está melhorando a sua percepção sobre a qualidade e as diferenças entre cafés. Os tipo gourmet, pouco conhecidos há alguns anos, já são identificados por 37% dos consumidores. E mais: 51% da classe A diz que conhece e aprecia cafés gourmet.

Além disso, 44% do público responde que estaria disposto ou muito disposto a pagar mais por estes cafés, desde que reconheçam uma qualidade superior. “A Baggio Café entrou para o mercado de cafés gourmet em 2006. Apostamos desde o início nesse segmento e estamos orgulhosos com o fato da consolidação do setor. Mesmo em um ano de economia fraca, conseguimos provar que mercados promissores sobrevivem e, melhor do que isso, crescem”, ressalta Liana Baggio Ometo, diretora Comercial da Baggio Café.

O gourmet provou seu valor, mas o grande destaque do ano fica para o segmento das monodoses, os famosos cafés em cápsulas. Este sim está em franca expansão. Entre 2013 e 2014, houve um crescimento de 52,4% do produto, segundo o Relatório Internacional de Tendências do Café, emitido pela Universidade Federal de Lavras. “Certamente as cápsulas vieram para ficar. Elas são perfeitas, pois além de produzir um excelente café na xícara, são rápidas, práticas e não geram desperdícios. O dia a dia corrido dos brasileiros requer praticidade”, afirma.

A Baggio Café iniciou seu investimento no mercado de monodoses no primeiro semestre de 2014. “Iniciamos nosso investimento nas cápsulas com o objetivo de conhecer melhor esse mercado e trabalhar no aperfeiçoamento do produto e nas adaptações necessárias. Hoje, nossas vendas aumentam a cada mês e é um prazer apresentar aos consumidores a maravilhosa experiência provocada por nossas cápsulas”, comenta.

Para 2016, a ABIC estima que o consumo de café cresça moderadamente. O ritmo do consumo interno leva a Associação a reforçar a sua tese de que é preciso estimular a demanda de café investindo muito mais em marketing, publicidade e diferenciação de produtos. Para a Baggio, 2016 promete ser um ano de grandes mudanças, investimento e inovação. “Mesmo com o atual cenário político-econômico do país estamos otimistas. Acredito que, para a Baggio, será um ano muito positivo, consequência de muito esforço, ações planejadas e visão inovadora”, finaliza a diretora.

Sobre a Baggio Café:

www.baggiocafe.com.br - (19) 3541 7000

A história da família Baggio com o cultivo de café iniciou-se em 1886, quando Salvatore Baggio, imigrante italiano, chegou à região da Alta Mogiana, no interior de São Paulo. Com muito trabalho, em 1890, comprou seu primeiro pedaço de terra. Logo foi crescendo pelo estado de São Paulo, Paraná e em meados dos anos 70 seus descendentes expandiram a produção para o sul de Minas Gerais. O carinho e a tradição do cultivo foram transmitidos de geração para geração, sendo preservado o conceito artesanal e puro deixado pelos ancestrais, associado a uma tecnologia de ponta e ao acompanhamento de agrônomos renomados. Em 2006, Liana Baggio Ometto, bisneta de Salvatore, resolveu dar um novo e importante rumo à história da família, criando a marca Baggio Café. A empresa utiliza um delicado processo para torrar os grãos produzidos nessas fazendas para transformá-los num saboroso e diferenciado produto. O portfólio atual inclui as linhas Baggio Gourmet (duas vezes eleita como Melhor Café do Brasil, pela ABIC), Baggio Bourbon (também premiado pela ABIC), Baggio Aromas, Gran Reserva, Caffé.com e Fatto Uno.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.