A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Associação Latino Americana de Pediatria recomenda utilização da vacina contra a dengue em programas públicos de vacinação

  • Escrito por  Ketchum
  • Publicado em Saúde
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Vacina contra a doença atualmente disponível no Brasil foi chancelada pela Associação Latino Americana de Pediatria (ALAPE). Produto já possui as indicações da OMS, além de importantes sociedades médicas brasileiras, SBP e SBI

A vacina contra dengue da Sanofi Pasteur, atualmente disponível no Brasil, recebeu a recomendação[i] da Associação Latino Americana de Pediatria (ALAPE). O importante órgão internacional indica o uso da vacina em programas públicos de saúde nacionais, estaduais ou municipais como uma estratégia eficaz no controle da atual epidemia mundial de dengue que vivemos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença está presente em 140 países e atinge cerca de 39 milhões de pessoas. No Brasil, segundo o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde do Brasil[ii], já foram registrados mais de 1,4 milhões de casos de dengue – número alarmante que reforça a importância de termos agora uma ferramenta de combate à doença, além do controle do vetor transmissor da doença, o mosquito Aedes aegypti.

A vacina foi analisada pelos membros do grupo “Iniciativa Internacional contra Dengue”, do qual a ALAPE está à frente e reúne especialistas em infectologia, saúde pública e epidemiologia, que destacaram importantes características da vacina, como a segurança e a eficácia na redução de casos graves de dengue. Os profissionais da Associação declaram também que não há motivos para adiar a introdução da vacina em locais onde a população já está sofrendo com a doença, esperando por dados de soroprevalência.

Sobre a vacina

A vacina contra dengue foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em dezembro de 2015 e já possui a chancela da OMS, além da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI). As sociedades recomendam, em nível individual, em seus calendários o uso rotineiro da vacina contra a dengue para pessoas que vivem em região de risco.

Lançada em agosto, a primeira vacina contra dengue aprovada no mundo é indicada para indivíduos entre 9 e 45 anos e são necessárias três doses, com intervalo de seis meses entre cada uma delas. A vacina reduz em dois terços a possibilidade de contrair a doença – ou seja, em uma população de um milhão de habitantes, 660 mil estão protegidos de contrair a doença – além de proteger em 93% dos casos graves e reduzir em 81% os índices de hospitalização. Segundo estudo publicado no Jornal Brasileiro de Economia da Saúde, a vacinação contra a dengue no Brasil de indivíduos entre 10 e 40 anos seria capaz de diminuir em 81% os casos de dengue na população em 5 anos.

Produzida pela Sanofi Pasteur, a divisão de vacinas da Sanofi, a vacina é fruto de mais de 20 anos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, comprovados por meio de 25 estudos clínicos realizados com mais de 40 mil participantes em 15 países, inclusive no Brasil. A vacina também já está aprovada em outros doze países: México, El Salvador, Filipinas, Costa Rica, Indonésia, Guatemala, Peru, Camboja, Singapura, Tailândia, Bolivia e Paraguai.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

 

Siga-nos::

 

Notícias::

Mais Itens::