A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Escolha o champagne ideal para o primeiro brinde do ano

  • Escrito por  Marina Fernandez
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

O costume de brindar com champagne já faz parte de todas as comemorações importantes, e é claro que a entrada do ano não poderia ficar de fora. O ritual se inicia ao anoitecer do dia 31 de dezembro e é finalizado com o estouro da garrafa, exatamente quando o relógio indica o início do novo dia, ou seja, meia-noite.

Consumir garrafas de champagne faz parte de muitas culturas, principalmente, na Europa, desde o século XV, quando as pessoas perceberam que o processo de fermentação durante o transporte de vinho acabava por liberar dióxido de carbono e, com a pressão, surgiam as bolhas que transformavam o vinho em champagne.

O hábito se espalhou pela nobreza e deixou o preço elevado demais para classes baixas, então, a bebida começou a ser consumida apenas em datas importantes, como batizados e casamentos.

Muita gente confunde champagne com espumante, e as diferenças são significativas não apenas no preço. Enquanto o espumante passa por duas fermentações, sendo a segunda em cuba de aço, o espumante tem regras rígidas e a segunda fermentação é feita dentro da própria garrafa, ganhando um sabor mais encorpado. Chamam de champagne apenas os espumantes produzidos na região que leva o mesmo nome e se localiza na França.

Você pode escolher o champagne de acordo com duas informações principais:

Tipo de uva: existe uma variedade grande de uvas, mas para a fabricação de champagne, costumam utilizar a composição clássica Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier.

Classificação de acordo com a quantidade de açúcar residual: Brut Nature (até 3 g/l de açúcar); Extra-Brut (até 6 g/l de açúcar); Brut (até 12 g/l de açúcar); Extra-Dry (12 a 17 g/l de açúcar); Sec ou Dry (17 a 32 g/l de açúcar) e Demi-sec (32 a 50 g/l de açúcar).

Selecionamos algumas harmonizações que podem deixar seu ano novo ainda mais especial. Confira, abaixo, e decida qual combina mais com o seu perfil e da sua família:

Brut

Tipo consumido na maior parte do mundo, costuma agradar a maior parte dos convidados que apreciam vinhos e evitam bebidas muito adocicadas. Não chega a ser tão seco quanto champagnes Brut Nature ou Extra, mas tem paladar elegante, fresco e cremoso. Combina bem com um buffet de frutos do mar, comida japonesa, queijos e bruschettas.

Sec/Dry

Para quem gosta de tomar champagne junto com sobremesas, o Sec ou Dry é a pedida certa. Com açúcar perceptível, mas não tão doce quanto os tipos Demi-sec, é indicado com comida agridoce, chinesa ou sobremesas.

Demi-sec

Algumas pessoas bebem só no final do ano e possuem um paladar mais delicado e viciado na doçura das bebidas. Harmonize-o com sobremesas moderadamente doces, de preferência com frutas frescas ou até mesmo bolos. Esse é o tipo de champagne mais usado nas comemorações de casamento, mas também pode fazer parte da sua virada.

Não se esqueça de escolher também a taça adequada, de preferência flute, fina e comprida. Sirva o champagne em uma temperatura de 8 a 10 graus e não chacoalhe a garrafa, pois isso tira o sabor e a qualidade dele.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

 

Notícias::

Mais Itens::