A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

82% dos jovens brasileiros acreditam que as empresas podem contribuir para os desafios globais

  • Escrito por  Ana Augusto
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Dado é resultado de pesquisa realizada pela agência Lynx sobre engajamento dos cidadãos heavy users do ambiente digital que possuem entre 14 e 29 anos

82% dos jovens brasileiros acreditam que marcas e empresas podem contribuir por um mundo melhor. O dado é um dos resultados de pesquisa realizada pela Lynx, empresa de marketing de causas do Brasil. A agência encomendou o estudo para entender as particularidades do jovem cidadão digital brasileiro, como se envolvem em causas sociais e como enxergam o envolvimento de grandes empresas privadas em iniciativas que visam trazer um impacto positivo ao mundo. O estudo ouviu 502 pessoas de 14 a 29 anos em todas capitais do país.

De acordo com o levantamento, quando o assunto é de quem é a responsabilidade por resolver problemas sociais, 87% dos entrevistados acredita que é dos próprios cidadãos, enquanto 77% responsabiliza o governo por transformações no mundo e 54%, as empresas. “Conseguimos enxergar, neste resultado, um amadurecimento da consciência dos desafios globais por parte dos cidadãos digitais”, afirma Wal Flor, diretora geral da Lynx.

A pesquisa mostra ainda que os jovens sabem que existem empresas que apoiam causas sociais e 72% deles tem interesse em entender como estes apoios são feitos na prática. Além disso, cerca de metade dos entrevistados são capazes de citar as marcas e as ações as quais adotam. E mais: para eles, essas instituições são admiráveis e merecem confiança e boa vontade – 64% dos jovens afirmam confiar mais em empresas que investem em transformar positivamente o mundo e quase metade deles pagaria mais caro por produtos de “empresas do bem”. “Essa geração quer saber mais sobre as iniciativas sociais das marcas e espera que elas falem mais sobre o assunto. 58% deles falam sobre o tema várias vezes por mês com amigos e familiares”, comenta. “Os entrevistados confirmam, ainda, que o compartilhamento nas redes sociais praticamente dobra quando o assunto é causas sociais”, completa Wal.

Para Wal Flor, para uma empresa fazer parte deste movimento é necessário, acima de tudo, selecionar causas que estejam alinhadas aos propósitos marca e atendam algum desafio global. “Autenticidade, consistência e engajamento são fatores essenciais para as marcas se envolverem com causas e promoverem um impacto positivo na sociedade. Contribuir para um mundo melhor e obter lucro com estas iniciativas é uma tendência”, completa a executiva. A pesquisa foi realizada pela Bowler/Pimenta.

Sobre a Lynx

Criada em 2005, a Lynx é uma empresa de marketing de causas e faz parte da Holding Clube, maior grupo de live marketing do país. A Lynx é uma agência com postura ativa, que pensa, executa e comunica projetos e histórias que resultam em um impacto positivo para a sociedade, fazendo isso por meio de causas que se conectam ao propósito da marca e ao interesse da sociedade. Para saber mais sobre a Lynx e os projeto que cria, acesse: http://www.lynx.ag/ e https://www.facebook.com/AgenciaLynx/.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

 

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::