A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Ambulantes de metrô são alvos das contratações de startup

  • Escrito por  Ana Paula Vieira
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

"Contratar jovens que nunca tiveram outro emprego é melhor do que escolher profissionais 'prontos' e ainda ajuda a driblar a taxa de desemprego", afirma Frederico Flores, CEO da Ecommet – startup brasileira que já contratou mais de 20 funcionários novos só neste ano

A taxa de desemprego entre jovens de 18 a 24 anos subiu em todo país chegando a 25,7% no último trimestre, segundo o IBGE. Visando driblar esse cenário, empresas estão dando oportunidades aos jovens com currículos ainda enxutos para "moldar" seus próprios times de acordo com o perfil da instituição.

Na Ecommet – startup que facilita a gestão e dobra as vendas em marketplaces -, dos 150 funcionários, mais de 30 têm entre 18 e 24 anos. Além disso, 80% desse pessoal ainda não chegou aos 30. O jovem Alan Lima, 27, trabalha na empresa há um ano e antes de ingressar na startup como consultor de vendas vendia bala no metrô. "É difícil encontrar empresas que contratam sem experiência, pois eles entendem que o funcionário não vai saber exercer bem a função. Acredito que se eu me arriscava vendendo bala no metrô, com certeza posso vender qualquer coisa, só precisei entender o produto e aqui na Ecommet fui bem treinado para isso", conta Alan.

A ideia é contratar pessoas que tenham vontade de aprender e que vistam a camisa da empresa. "Contratar jovens que nunca tiveram outro emprego é melhor do que escolher profissionais 'prontos' e ainda ajuda a driblar a taxa de desemprego. Aqui, a experiência não é um requisito primordial", afirma Frederico Flores, CEO da empresa.

Além de pensar no negócio, a startup visa o crescimento profissional dos funcionários contratados. "Pessoas que não tiveram oportunidades em grandes empresas são bem-vindas aqui. Nós contratamos sem experiência, mas oferecemos treinamento para que elas aprendam todas as funções do cargo antes de colocar a mão na massa", explica.

A Ecommet também aposta em uma gestão inovadora que incentiva o bem-estar dos funcionários com ações específicas, como acelerar startups lideradas por funcionários e dar bonificações e férias para quem bate a meta do mês.

Sobre a Ecommet

Aos 21 anos, os jovens Frederico Flores e Fernando Montera Filho tornaram-se um dos maiores vendedores do Mercado Livre. Com a chegada de muitos concorrentes, desistiram do negócio e se reinventaram. Em 2012, criaram uma empresa para ajudar a resolver os problemas que tinham quando eram vendedores. Assim surgiu a Ecommet, startup que facilita a gestão e aumenta as vendas em marketplaces, como o Mercado Livre. Em 2016, vão fechar com faturamento de R$ 20 milhões, o dobro do ano passado. São mais de 2.000 clientes, que transacionam juntos R$2 bilhões por ano.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

 

Siga-nos::

 

Notícias::

Mais Itens::