A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Brasil sobe 12 posições na disputa por talentos

  • Escrito por  Roberta Vilas Boas
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Desempenho brasileiro, porém, foi influenciado principalmente pela baixa performance de outras economias

O Brasil foi o maior destaque do novo estudo do IMD sobre desenvolvimento, atração e retenção de talentos, subindo 12 posições, para o 45º lugar, no Ranking Global de Talentos, que avalia a capacidade dos países de atender às necessidades corporativas.

O relatório representa uma avaliação anual da eficácia das nações em gerar e reter talentos para as empresas que atuam em suas economias. A classificação é baseada em mais de duas décadas de dados relacionados à competitividade, incluindo uma pesquisa em profundidade com milhares de executivos em 61 países.

“O maior vencedor no Ranking Global de Talentos é o Brasil, que subiu 12 posições neste ano. Embora esse seja um resultado surpreendente, precisamos considerar que o sucesso do País ocorreu praticamente devido ao mal desempenho de outras nações”, explica o professor Arturo Bris, diretor do Centro de Competitividade Mundial do IMD e responsável pelo estudo.

Com a melhora no resultado deste ano, o Brasil figura na melhor posição entre as economias latino-americanas avaliada, sendo seguido pelo Chile, classificado na 47ª posição no ranking geral e pela Colômbia, em 54º lugar. Logo após aparecem Argentina (55º), México (56º), Peru (59º) e Venezuela (61º).

A pesquisa foca em três categorias principais – investimento/desenvolvimento, atração e prontidão – que, por sua vez, são derivadas de uma gama muito mais ampla de fatores, tais como educação, aprendizagem, treinamento de funcionários, fuga de capital humano, custo de vida, motivação dos colaboradores, qualidade de vida, competências linguísticas, remuneração, taxas e impostos.

“O Brasil teve um resultado pobre em temos de investimentos públicos em educação. Estava em 45º no ranking, entre 60 países, e subiu para a posição 39, o que significa que as políticas públicas estão melhorando, mas ainda há muito a ser feito”, afirma Bris.

Além do Brasil, apenas a Áustria registrou melhora semelhante ao subir 11 posições no ranking, do 19º para o 8º lugar. Os países europeus, aliás, foram o grande destaque, ocupando 9 das 10 primeiras posições no estudo. Suíça e Dinamarca continuaram ocupando confortavelmente a primeira e segunda posição, como no ano passado, com a Bélgica em terceiro lugar, Suécia em quarto e os Países Baixos em quinto.

Finlândia, Noruega, Áustria, Luxemburgo e Hong Kong completam o top 10, com Alemanha (11), Islândia (16), Irlanda (18) e Reino Unido (20) também figurando no Top 20.

O professor Arturo Bris comenta: “Talento é um dos pilares da competitividade da Europa. É verdade que a região em geral continua a enfrentar uma série de problemas, incluindo baixo crescimento econômico. Mas a qualidade de seus sistemas de educação e o comprometimento com o desenvolvimento de talentos, desde uma idade baixa até a aposentadoria, devem preservar sua competitividade de longo prazo”.

Por outro lado, muitas economias proeminentes decepcionaram, com os EUA ficando em 14º, como em 2015, o Japão em 30º e a China continental caindo para o 43º lugar.

Sobre IMD

O IMD é uma das mais bem avaliadas escolas de negócios, reconhecida como especialista em desenvolvimento de líderes globais através de educação executiva de alto impacto. Publicado desde 1989, o Índice de Competitividade Mundial (World Competitiveness Yearbook) é reconhecido como o mais renomado e abrangente guia sobre competitividade global. O IMD é baseado em Lausanne, na Suíça e tem um Centro de Aprendizagem Executivo em Singapura.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

 

Siga-nos::

 

Notícias::

Mais Itens::