A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

GTPS participa da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas

  • Escrito por  Angélica Cortez
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

O Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) estará presente na Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática – COP 22, que ocorre entre os dias 7 a 18 de novembro, em Marrakesh, no Marrocos. Neste ano, o evento terá como foco os estudos de mecanismos de apoio aos países mais vulneráveis.

Na COP 21, realizada em Paris no final de 2015, 193 países e a União Europeia se comprometeram a trabalhar de maneira conjunta rumo a uma economia de baixo carbono. As contribuições do Brasil envolvem não só a redução do desmatamento, mas também a restauração de 12 milhões de hectares e a recuperação de até 15 milhões de hectares de pastagens.

Na ocasião, o GTPS apresentou o Position Paper, documento que mostra os avanços do setor e posiciona a pecuária como aliada para o cumprimento das metas firmadas nos acordos mundiais. No material, há informações atualizadas sobre temas como desmatamento, emissões de gases de efeito estufa, pastagens degradadas, obstáculos à intensificação, uso da água e perda de biodiversidade, entre outros.

“A COP 22 tem como missão unir forças para agirmos em prol dos países mais sensíveis às mudanças climáticas, além de ser a consolidação do acordo firmado em Paris. O Brasil tem um papel significativo nesse evento, especialmente em relação ao agronegócio. A pecuária, além de ser extremamente importante para a segurança alimentar no Brasil e no mundo, necessita intensificar a sua produção para suprir o aumento da demanda mundial por carne bovina”, pontua o Presidente do GTPS, Francisco Beduschi.

Sobre o GTPS

O Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) é a primeira mesa redonda mundial sobre práticas sustentáveis na cadeia da carne bovina e referência para países como Argentina, Uruguai, México e Austrália. É formado por representantes de diferentes segmentos que integram a cadeia de valor da pecuária bovina no Brasil, entre eles indústrias, organizações do setor, produtores e associações, varejistas, fornecedores de insumos, bancos, organizações da sociedade civil, centros de pesquisa e universidades. O objetivo do GT é debater e formular, de maneira transparente, princípios, práticas e padrões comuns a serem adotados pelo setor, que contribuam para o desenvolvimento sustentável da atividade pecuária, trazendo mecanismos para que ela seja socialmente justa, ambientalmente correta e economicamente viável. 

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

 

Notícias::

Mais Itens::