A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Brincadeiras e desafios expõem adolescentes ao risco de morte

  • Escrito por  AZ | Brasil Assessoria & Comunicação
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Especialista da Nethics alerta para os riscos desses desafios. Adolescente morreu enforcado na última semana.

As “brincadeiras” ou “desafios” entre os adolescentes, atividade desconhecida por pais, educadores e profissionais de saúde, tornam-se cada vez mais frequentes entre crianças e jovens. No último domingo um adolescente de São Vicente morreu enforcado através de brincadeira com amigos pela internet. Na prática, isso significa que crianças e jovens já experimentaram e podem ser praticantes desta atividade, uma “brincadeira” que começa com a pressão de pares e a necessidade de pertencer a um grupo, que tem como reduto os esconderijos de escolas e ignoram os sérios riscos e as consequências, por vezes irreversíveis.

Trata-se de atividades que geram sintomas físicos e que comprometem o bem-estar do jovem, mas não são reconhecidos por pais e profissionais. Além do enforcamento, outra brincadeira comum é a de não oxigenação. “São ações que podem gerar sintomas como irritabilidade, olhos vermelhos, manchas no rosto, etc. Isso porque as atividades são compreendidas com um a três minutos sem oxigênio, o que interrompe a circulação para a irrigação do cérebro e pode causar a perda da consciência e, por consequência, quando não leva a óbito, deixa sequelas como cegueira, surdez, paralisia, dentre outras.

De acordo com a especialista Alessandra Borelli, diretora da Nethics – Educação Digital, são muitos os depoimentos de mães que perderam seus filhos para essas brincadeiras, mais conhecidas como os desafios de não oxigenação (Chocking game/ Jeudufoulard). “Por mais habilidosos com a tecnologia que sejam, nossas crianças e adolescentes são seres em desenvolvimento, desprovidos de maturidade, discernimento e, como todos os jovens, sedentos por desafios. E então, você conhece os youtubers favoritos de seu filho? Acredite! Seu filho sabe do que estamos falando”, alerta.

A especialista conta que a grande incidência de morte acontece quando, instigado pela curiosidade, o jovem entre 9 e 17 anos decide tentar a atividade sozinho e sofre uma parada cardíaca e, para piorar, essas brincadeiras têm se tornado comuns.

 

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

 

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::