A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Grupo Cataratas assume a concessão municipal do zoológico do Rio de Janeiro

  • Escrito por  Melina Nascimento
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

A ordem de início foi publicada nesta segunda-feira

O zoo ficará 40 dias fechado à visitação para intervenções imediatas e, em um prazo de dois anos, o Grupo Cataratas concluirá as obras do novo projeto

A partir de hoje, o Zoológico do Rio de Janeiro passa a ser administrado por uma empresa privada. A Prefeitura do Rio publicou nesta segunda-feira, dia 3/10, a ordem de início do termo de concessão para a gestão e operação do zoo pelo Grupo Cataratas. Nos próximos 40 dias, o zoológico ficará fechado à visitação para intervenções com impacto imediato no bem-estar do plantel (grupo de animais) e no conforto ao visitante. As melhorias de curto prazo contemplarão reformas urgentes, limpeza geral, paisagismo, retoques na cenografia, pintura dos espaços e recintos, renovação da cozinha dos animais e atendimento aos compromissos firmados anteriormente Termo de Ajuste de Conduta (TAC) entre a Fundação RioZoo, Ministério Público Federal e IBAMA.

O novo zoo, que será entregue à cidade em um prazo de dois anos, oferecerá aos visitantes uma experiência diferenciada da maioria dos zoológicos existentes no Brasil. O conceito de “enclausuramento inverso” prevê mais espaços para os animais, substituindo jaulas e grades por instalações naturalistas. O projeto prevê também a divisão do espaço em seis grandes áreas e o fim dos recintos confinados. O projeto contará com investimentos de R$ 130 milhões ao longo da concessão e transformará o zoológico em referência em pesquisa, conservação e educação. Além disso, estão previstas a construção de novos restaurantes, lanchonetes e praças, entre outros atrativos para o público.

Em pouco tempo, o zoo do Rio receberá novos animais doados de outros zoos ou recuperados de locais em que sofriam maus tratos. Para se ter uma ideia, atualmente, 40% das aves que habitam o zoo do Rio foram resgatadas do tráfico internacional de animais enquanto outras 40% são espécies cujo habitat está degradado na natureza. No projeto do Grupo Cataratas também está prevista a reinserção posterior de aves e outros animais na natureza. Para isso, a equipe de profissionais que já atua no zoo, contando também com parcerias com universidades e institutos de pesquisa do Rio, realizará estudos dos ambientes para que toda introdução de espécie aconteça de forma eficiente e garanta a continuidade e sobrevivência dos animais.

SOBRE O GRUPO CATARATAS

A concessionária assume, imediatamente após a publicação da ordem de início, todas as despesas do empreendimento. O Grupo Cataratas é referência na estruturação da visitação em parques e outros atrativos ligados à Natureza, promovendo o tripé educação, conservação e pesquisa. Atualmente, a empresa criada em 1999, atua no consórcio Paineiras-Corcovado (responsável pelo acesso rodoviário ao Cristo Redentor e Centro de Visitantes Paineiras), AquaRio (maior Aquário Marinho da América do Sul que inaugura em novembro), EcoNoronha (concessionária do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha), Cataratas do Iguaçu e Marco das Américas (ambos na cidade de Foz do Iguaçu)

Mais informações para a imprensa:

Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas (Secpar)

Coordenação: Luciene Braga +55 21 2153-1404 98909-1623

Grupo Cataratas

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

 

Notícias::

Mais Itens::