A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

APAS Show 2017 é lançada oficialmente

  • Escrito por  Approach Comunicação
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Em evento com empresários e especialistas, APAS lança temática do próximo ano e promove debate sobre o cenário político-econômico brasileiro

“A APAS Show reúne todos os elos da cadeia supermercadista, sendo uma oportunidade de estreitar o relacionamento e intensificar a forma efetiva de fazer negócios”. Assim o presidente da APAS, Pedro Celso, abriu o evento que lançou a temática da 33ª edição da APAS Show 2017, feira que tem uma história intimamente ligada ao desenvolvimento do setor no Brasil.

O diretor da APAS Show, Erlon Ortega, também enalteceu a importância do evento para os supermercadistas e fornecedores. “A Feira reúne cerca de 70 mil pessoas e, dentre elas, representantes de mais de cinco mil supermercados do País. Com a retomada do otimismo da economia, a APAS Show é o lugar ideal para a realização de negócios”, complementou.

Fabiano Benedetti, gerente de Marketing e Negócios da Associação, apresentou o tema da próxima edição do evento, que ocorrerá em maio: Empoderamento. O gerente contou a história de uma família de supermercadistas que se vê num momento de transição da empresa do pai, bastante experiente, para o filho, que vivencia as mudanças deste mundo todo conectado. “Neste novo cenário, os consumidores buscam experiências ao invés de só o produto. A APAS Show é o lugar para discutirmos estas novidades e gerarmos negócios”.

Na ocasião, a APAS recebeu o cientista social e doutor em ciência política, Humberto Dantas, o diretor-presidente do Insper, Marcos Lisboa, e a secretária do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi, em um painel sobre o cenário político-econômico brasileiro, que foi mediado pelo jornalista Dony de Nuccio.

Convidados apostam na recuperação da economia

Especialistas falam com otimismo sobre a melhora no cenário econômico

O painel sobre o cenário político-econômico brasileiro foi aberto pela secretária do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi. Otimista com a recuperação da economia, a secretária afirmou que as expectativas do governo são boas e apontou a elevação da confiança como fundamental para esta retomada que, segundo ela, passa por um processo estrutural. “Temos grandes oportunidades, porém precisamos trabalhar. É necessário trazer o setor privado para desempenhar seu papel, respeitar o dinheiro público e abrir novas oportunidades de negócios”, disse.

O diretor-presidente do Insper, Marcos Lisboa, salientou que o Brasil experimenta uma janela de oportunidades, com dois caminhos possíveis. “Temos que escolher se estamos em 1979 ou 1999, momentos de graves descontroles fiscais, como agora. Em 79, a escolha foi o populismo, que trouxe estruturação à economia, aplausos de toda a sociedade, mas com uma estagnação de 10 anos. Já em 99, a escolha foi pela responsabilidade fiscal, trazendo uma década de estabilidade”, resumiu.

O cientista social Humberto Dantas trouxe uma perspectiva política para os presentes, ressaltando que há uma necessidade cada vez mais urgente de diálogo político com a sociedade. “Tínhamos uma ideia de que cozinhávamos em um fogão de camping, de duas bocas – Legislativo e Executivo, e hoje entendemos que são quatro bocas – Legislativo, Executivo, Judiciário e Sociedade. Se não percebermos isso, perdemos o momento político”, comparou.

Os especialistas ainda comentaram sobre o que esperam para o setor supermercadista. Para Ana Paula, o setor é um ator importante neste processo atual, devendo discutir e investir para crescer com sustentabilidade. Marcos Lisboa afirmou que o Brasil está mudando e a sociedade está participando do debate, o que é importante.

Dantas abordou a necessidade de os empresários convergirem em torno de agendas importantes, incluindo a política nestas discussões, além de dialogar com todas as gerações. “Precisamos entender nosso papel na lógica do empoderamento. Temos que ouvir todas as gerações, que pensam diferente, além de nossos trabalhadores, que têm muito a contribuir a respeito de políticas públicas”, finalizou.

A APAS Show 2017 vai além do fomento aos negócios

Feira e Congresso promovem integração do setor supermercadista em busca de avanços

Consolidada como uma plataforma de negócios e relacionamento, a APAS Show promove a conexão entre empresários supermercadistas, indústria, autoridades, imprensa e executivos do Brasil e do exterior, a partir de interesses em comum, como realizar novos negócios; conhecer novos produtos, serviços e tecnologia; obter conhecimento sobre gestão, operação, marketing, capital humano e comercial; e fazer networking.

A cada ano, a APAS Show é envolvida com um tema que apresenta novas tendências do varejo e do mercado consumidor que impactarão no dia a dia do supermercado e de seus públicos de interesse em um futuro próximo. “É notável a reverberação do tema em todo o setor após cada edição, gerando mudanças no comportamento ou otimizando o trabalho em todas as esferas da cadeia produtiva. Assim, a APAS Show tem um papel que vai além de fomentar negócios, consagrando-se também pelo seu protagonismo na transformação social”, finaliza o presidente da Associação, Pedro Celso.

Sobre a APAS – A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem 1.328 associados, que somam mais de 2.830 lojas.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

 

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::