A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Deca apresenta o primeiro case residencial do ProÁgua com economia de até 45% de água

  • Escrito por  a4&holofote comunicação
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Após três meses da instalação de produtos economizadores, o projeto mostra resultado expressivo na redução do consumo de água

A sustentabilidade sempre foi um dos pilares da Deca e hoje, a marca conta com mais de 389 soluções para a economia de água. A intenção é contribuir de forma direta e eficiente para esta questão, seja por meio de seus produtos economizadores ou pelo programa ProÁgua, que foi lançado no final de Julho de 2013, com o objetivo de reduzir o desperdício de água nas edificações, através da mudança dos hábitos dos usuários e de uma série de ações planejadas, com priorização da aplicação de produtos e dispositivos economizadores.

Pensando em expandir suas ações, a Deca em parceria com a revista Casa e Jardim, deu início ao projeto ‘Casa e Jardim se importa’, em novembro de 2015. Durante três meses, foi feito o acompanhamento completo de uma família que reside em uma casa na capital paulista para checar o consumo de água e o quanto conseguiram economizar ao final deste período, com a troca de produtos comuns por economizadores e mudança de hábitos.

A família da arquiteta Selma de Sá Moreira topou o desafio. A profissional, seu marido, o empresário Fernando Simões e o filho do casal, João, de 9 anos, também já vinham fazendo algumas mudanças como diminuir o tempo do banho e fechar a torneira enquanto escovam os dentes. “É incrível perceber que conseguimos viver da mesma forma, mesmo adotando estes hábitos”, afirma Fernando.

O primeiro passo para dar início a esta empreitada foi diagnosticar os produtos que consumiam mais água para checar se seria necessária a troca completa ou adicionar um dispositivo economizador, como um arejador de vazão constante em torneiras, por exemplo. Ao todo foram trocados 20 produtos (16 metais, dentre torneiras, misturadores e chuveiros e quatro bacias sanitárias), na cozinha, lavanderia, área externa e nos quatro banheiros do sobrado de 250 m². Uma das trocas mais significativas foi a das bacias sanitárias pelo modelo que usa apenas 6 litros para descarga, diferente das antigas que consumiam 12 litros.

Outro produto substituído na casa da família - e que é considerado como grande vilão quando o assunto é economia de água - foi o chuveiro. Pensando nessa questão, a Deca trocou por modelos que possuem a tecnologia capaz de misturar água e ar, que mantém o conforto e prazer na hora do banho, ao mesmo tempo em que evita desperdícios. Além destes, válvulas com duplo acionamento (3l e 6l), também foram instaladas para descarga de dejetos líquidos e sólidos. “A tecnologia deixa nossa vida mais simples e dinâmica, evitando desperdícios”, conta Selma de Sá.

Ao término do projeto foi possível constatar uma redução significativa do consumo de água da família de Selma e Fernando. O cuidado e preocupação em economizar, fez com que além da troca dos produtos antigos por novos economizadores da Deca a mudança no dia a dia da casa como: banhos mais curtos; reaproveitar a água da chuva para regar as plantas; lavar a roupa uma vez por semana e na hora de lavar a louça ensaboar tudo primeiro para depois enxaguar, tenha ajudado muito no resultado final.

Se comparado o consumo de água no mês de outubro de 2015 antes do início da instalação dos produtos, o consumo da família foi de 20 m³, já no primeiro mês do início do projeto baixou para 19 m³, no segundo mês 17 m³, chegando a 11 m³ no último mês de medição. Totalizando uma economia de até 45% de água ao término dos três meses.

“Nós conseguimos unir a mudança de hábito dessas pessoas com a utilização de novas tecnologias economizadoras. O resultado foi ótimo, como esperado”, enfatiza Osvaldo Barbosa de Oliveira Jr., coordenador de engenharia de aplicação da Deca e responsável pelo programa Deca|ProÁgua.

Sobre a Duratex
A Duratex S.A. é uma empresa brasileira, privada e de capital aberto, controlada pela Itaúsa – Investimentos Itaú S.A e Companhia Ligna de Investimentos. Maior produtora de painéis de madeira industrializada e pisos, louças e metais sanitários do Hemisfério Sul, é líder no mercado brasileiro com as marcas Durafloor, Duratex, Deca e Hydra. Produz ainda aquecedores solares e chuveiros eletrônicos. Também está entre as 10 maiores empresas globais dos setores em que atua.

Com sede em São Paulo, conta com cerca de 12 mil colaboradores e 15 unidades industriais estrategicamente localizadas nos estados de MG, PB, PE, RS, RJ, SC, SE e SP, além de três fábricas de painéis na Colômbia, por meio de sua participação de 80% na Tablemac. No final de 2014, foi criada a Caetex, joint venture para o plantio de florestas de eucalipto em Alagoas. A empresa adquiriu em julho de 2015 a Duchas Corona tornando-se a vice-líder no segmento de duchas e torneiras elétricas.

Possui 272 mil hectares com florestas plantadas e áreas de conservação nos estados de MG, RS e SP. Tem suas ações listadas no Dow Jones Sustainability Emerging Markets Index (Índice Dow Jones de Sustentabilidade para Mercados Emergentes) e no Índice de Sustentabilidade Empresarial da BM&FBovespa – ISE.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

 

Notícias::

Mais Itens::